terça-feira, 18 de novembro de 2008

Menos um campeão do boxe em ação

Depois do gênio americano Floyd Mayweather Jr., que encerrou a carreira invicto, campeão mundial em cinco categorias diferentes e melhor lutador pound-for-pound nos últimos seis anos, o boxe perde mais um de seus heróis. Agora é a vez do galês campeão da categoria meio-pesado Joe Calzaghe pendurar as luvas. Também invicto, depois de vencer todas as suas 46 lutas, 32 por nocaute. Calzaghe também já havia sido campeão mundial super-médio.

O Orgulho de Gales encerrou a carreira em grande estilo. Sábado passado (8) venceu o americano Roy Jones Jr por pontos, numa luta que foi chamada de Battle of the Superpowers, entre dois futuros integrantes do Hall da Fama. Apesar de ter sido derrubado pelo adversário com uma direita ainda no primeiro assalto, Calzaghe deu uma verdadeira aula de boxe, dominou amplamente o adversário e venceu por pontos, em decisão unânime (118-109). Foi uma das maiores exibições da carreira do galês, que atacou quase todo o tempo, lançando mão de combinações rápidas, deixando apenas o contra-ataque para Jones Jr, que ficou boa parte da luta preso às cordas.

O combate, ocorrido no Madison Square Garden (Nova York), teve alguns expoentes do boxe na platéia, como o ex-campeão mundial dos pesados e também britânico Lennox Lewis, além de Bernard Hopkins, ex-campeão que foi batido por Calzaghe na luta anterior, em abril. Provavelmente também foi a despedida de Roy Jones Jr, campeão mundial em quatro categorias e apontado como um dos maiores de todos os tempos.


Um a um, os ídolos da Nobre Arte vão se despedindo, enquanto não há nenhum sinal de novos ares. O esporte vai perdendo espaço, envolto em "organizações" que servem apenas para denegrir o Boxe. Até mesmo uma revista promove lutas por título mundial! Torci para que Mayweather repensasse sua aposentadoria. Não voltou atrás. Agora torço para que Calzaghe ainda nos dê mais algumas chances de vê-lo em ação. Mas não tenho esperanças.

Daqui a pouco pararão Manny Pacquiao, Juan Manuel Marquez, Ricky Hatton, Wladimir Klitschko, Oscar de la Hoya. E a gente vai ficando mais triste...

2 comentários:

Chã, Patinho & Lagarto disse...

Porra, sinistro como ficou a cara do Jones Jr.

Infelizmente mais um para. Esse aí eu nem conhecia. Ando mto por fora do Boxe mundial. Ta ficando uma merda já há algum tempo.

Alexandre Matos disse...

Mais dois param... Pelo que consta, Roy Jones tb se aposentou.

Ele entrou no cacete. Olha no iutubi.